Confrontos na província de Aleppo deixam 70 mortos na Síria


Ao menos 70 combatentes dos dois lados morreram em 24 horas em confrontos entre as forças do regime e rebeldes aliados com extremistas ao sul da cidade síria de Aleppo, na província de mesmo nome, informou a ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

As forças pró-regime, apoiadas por bombardeios da aviação síria e russa, conseguiram reconquistar nesta quarta-feira (15) Zeitan e Jalasa, duas localidades ao sudoeste de Aleppo que haviam sido tomadas pelos insurgentes algumas horas antes, de acordo com o OSDH.

Os extremistas da Frente Al-Nosra (Al-Qaeda) iniciaram um novo contra-ataque nesta quarta-feira para recuperar Jalasa, um local estratégico, informou Rami Abdel Rahman, diretor do OSDH.

Cidade de Aleppo tem áreas sob poder do regime e outras que são controladas pelos rebeldes (Foto: Abdalrhman Ismail/Reuters)